Instalação

Segurança é um assunto importante por aqui. O aumento da criminalidade em Londrina e no estado do Paraná é algo que tem preocupado a população. Por conta disso, acabam surgindo novos mecanismos de proteção e tecnologias de segurança a cada dia, para cuidar dos nossos bens materiais e de nossas vidas.

Hoje, é muito comum encontrar prédios e casas equipados com alarmes, circuito de câmeras e cerca elétrica. Pensando em eficácia, a última opção se apresenta como um item que além de prático, é de fácil instalação e ajuda a prevenir invasões.

A instalação de cerca elétrica é um ramo em ascensão, tendo uma boa procura por ser um sistema antirroubo eficiente. Além de confiáveis, resistem às intempéries da natureza e promovem a segurança do ambiente. Mais vantagens de se ter uma cerca elétrica são o baixo custo e o baixo risco para o ser humano e animais. Ela não vai causar danos permanentes a nenhum dos dois, apenas a paralisia dos membros superiores por tempo determinado.

As partes que constituem a cerca elétrica são:

– Central de eletrificação: pode ser 110V ou 220V, tem uma bateria de 12V que produz pulsos de alta tensão. A energia dela é convertida e atinge de 8 a 10Kv, no entanto, sua corrente elétrica não é alta, por isso não oferece risco letal a quem tem contato com ela.

– Cabo de alta tensão: tem a missão de conectar a cerca à central que emite a corrente. São utilizados dois fios; um deles faz a alimentação da cerca com a voltagem e o outro é o retorno para controle da central. Os cabos usados precisam ter isolamento igual ou maior à tensão de pulso.

– Isoladores: é a sustentação dos fios de aço inox, os mantém esticados. São feitos de polipropeno, sendo mais durável e produzindo maior isolamento, podendo chegar à 15Kv.

– Haste Terra: ele é o responsável pela qualidade dos pulsos elétricos emitidos gerados pela central. O comprimento delas deve ser de 1 metro e 5/8’’ de diâmetro.

– Hastes de fixação: ela sustenta os isoladores e formam a cerca elétrica. Podem ser feitas de alumínio ou ferro e o espaçamento entre elas deve ser de, no máximo, 2,5 metros.

– Bateria: mesmo em falta de energia elétrica, ela fornece potência para a central funcionar. Pode ficar armazenada no interior na central.

– Fio de aço inox: vem em rolos de 500m e possui diâmetro de 0,5mm. Caso a área seja muito extensa, recomenda-se fios maiores.

– Sirene: dá mais segurança ao sistema, alerta o responsável que o local está sendo invadido, indicando o problema.

– Placa de aviso: sinalizam às pessoas a existências de uma cerca elétrica e riscos de ser eletrocutado.

Cerca elétrica em Londrina

A solução é com a gente! Temos uma equipe especializada para instalar e fazer eventuais manutenções em cercas elétricas na cidade de Londrina. A Liberty Segurança é a melhor e mais confiável solução de proteção que você vai encontrar. Aqui a vigilância é personalizada, para que possamos atender todas as necessidades de cada um de nossos clientes.

cerca elétrica

Entre em contato conosco

Comece a digitar e pressione enter para pesquisar